Mauro Mendes determina licitação para BRT em Cuiabá

Após um tumulto na Assembleia Legislativa de Mato Grosso, o governador Mauro Mendes anunciou a realização de uma licitação para escolher a empresa responsável pela operação do Ônibus de Rápido Transporte (BRT) entre Cuiabá e Várzea Grande. A informação foi divulgada pela “Gazeta Digital“.

A decisão foi tomada após uma disputa entre os deputados Lúdio Cabral e Eduardo Botelho durante uma sessão legislativa.

Lúdio Cabral buscava urgência para seu projeto de licitação do BRT com tarifa fixa de R$ 1 por cinco anos, enquanto Botelho questionou o processo, resultando na rejeição da urgência.

Um aditivo controverso no contrato, que permitiria a continuidade da gestão atual sem licitação, será cancelado.

Deixe um comentário