Prefeitura de Cuiabá muda tempo de utilização das faixas exclusivas de ônibus

71

Em Cuiabá, entrou em vigor um novo horário para as faixas exclusivas de ônibus, que agora estão reservadas apenas nos horários de pico, das 6h às 8h e das 17h às 19h de segunda a sexta-feira, e das 6h às 8h aos sábados. A decisão da Prefeitura visa garantir a fluidez do trânsito, mas é criticada pela Associação Mato-grossense dos Transportadores Urbanos (MTU), que alega que isso prejudicará os passageiros do transporte coletivo, aumentando o tempo das viagens e podendo resultar no aumento da tarifa.

O vereador Dilemário Alencar considera esse aumento na tarifa como injusto e está provocando o Ministério Público, chamando-o de “tapa na cara” da sociedade. Ele vê isso como uma tentativa de fraudar a tarifa de ônibus, especialmente quando o preço do óleo diesel está em queda.

Marcos Assis, gerente operacional da MTU, afirma que o aumento de tempo nas viagens pode levar a um possível aumento na tarifa. Ele menciona a necessidade de ampliar novos corredores exclusivos para ônibus, como a Avenida dos Trabalhadores.

As faixas exclusivas representam apenas 2,9% das vias e estão localizadas em várias avenidas da cidade. Marcos Assis argumenta que, sem exclusividade, os ônibus terão que trafegar mais lentamente, o que é um retrocesso.

Por outro lado, o professor da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Eldemir Pereira, especialista em trânsito, acredita que a medida não prejudicará significativamente o transporte coletivo e pode trazer benefícios gerais, como a redução de congestionamentos.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui