Projeto de interferência financeira na AMTC de Rondonópolis gera debates na Câmara Municipal

101

A Câmara Municipal votou um Projeto de Lei para autorizar uma interferência financeira de mais de R$ 12 milhões na Autarquia Municipal de Transporte Coletivo de Rondonópolis (AMTC) para manter a qualidade do transporte público.

O projeto não foi aprovado devido à falta de um voto favorável. O prefeito destacou a importância do subsídio para manter as passagens de ônibus acessíveis.

Alguns legisladores questionaram a necessidade da interferência financeira devido aos gastos da AMTC. O projeto dividiu opiniões na Câmara, mas não foi aprovado.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui