Governo de Mato Grosso espera definição do Banco Pine para assumir BR-163

O Governo de Mato Grosso está aguardando a definição de um único banco credor da Odebrecht, o Banco Pine, para finalizar o processo de aquisição da concessionária da BR-163, que liga Cuiabá a Sinop.

O Governo comprou as cotas de participação da Odebrecht Transporte e assumiu as dívidas contraídas pela Rota do Oeste para a duplicação de 120 km da BR-163, porém está buscando a renegociação dessas dívidas.

O Governo planeja investir R$ 1,2 bilhões nos próximos dois anos para concluir as obras na rodovia, com recursos próprios.

O trecho de 800 km da BR-163 em Mato Grosso está sob responsabilidade da concessionária Rota do Oeste desde 2014, que se comprometeu a duplicar mais de 450 km de asfalto no Estado, mas apenas 120 km foram executados.

Em 2021, a Rota do Oeste concordou com a devolução amigável da concessão após cobranças intensificadas, mas uma nova licitação pode levar até três anos e resultar em um aumento na tarifa de pedágio.

Deixe um comentário