Retomada da duplicação da BR-163: investimento de R$ 620 milhões e perspectivas para a economia de Mato Grosso

83

A Nova Rota do Oeste, concessionária responsável pela BR-163, anunciou um investimento de R$ 620 milhões para retomar as obras de duplicação da rodovia.

O trecho inicial a receber as melhorias será de 86 quilômetros entre o Posto Gil, em Diamantino, e Nova Mutum.

Além da duplicação, o projeto inclui a construção de pontes, viadutos e a recuperação completa da pista antiga.

A troca de controle da concessionária para o Governo do Estado de Mato Grosso possibilitou o financiamento das obras, contando com o apoio da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), Ministério dos Transportes e Tribunal de Contas da União.

O investimento total será de R$ 7,5 bilhões em até 8 anos, abrangendo 450 quilômetros de duplicação e outras obras.

As atividades começarão no km 507 e se estenderão até o km 593,6, em Nova Mutum.

Estima-se que durante as obras sejam empregadas cerca de 530 pessoas e utilizadas mais de 220 máquinas.

A retomada da duplicação terá impacto positivo na economia de Mato Grosso, movimentando o mercado de trabalho e reduzindo o custo do frete rodoviário.

DEIXE UM COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui